PSD de Figueiró dos Vinhos contra encerramento das urgências do Hospital dos Covões

O vereador do PSD, Filipe Silva apresentou em reunião de Câmara, no dia 14 de Abril, uma declaração política contra o encerramento do serviço de urgências dos Covões no período nocturno e a reclamar uma definição estratégica para o Hospital dos Covões como Hospital central, manifestando a sua solidariedade para com os seus profissionais e utentes.

No documento, intitulado “O encerramento do serviço de urgência noturno do Hospital dos Covões e o desmantelamento do Hospital”, Filipe Silva revela as preocupações dos sociais-democratas de Figueiró dos Vinhos pelo encerramento daquele serviço a partir do dia de 6 Abril no período nocturno, entre as 22h00 e as 09h00, que consideram “tratar-se de mais um ataque para o desmantelamento do Hospital dos Covões” … “que retoma a estratégia de desvalorização deste hospital levada a cabo pelo poder socialista instalado em Coimbra e no país. Que se espanta, mas nada faz numa hipocrisia de lágrimas de crocodilo, quando na verdade os decisores são socialistas. O governo é PS, o primeiro-ministro é PS, a ministra da saúde é PS, o Secretário de Estado é PS, o presidente da câmara é PS, … e por aí adiante.    Sejamos claros. O Hospital dos Covões só não se mantém como um Hospital de referência na região e com todos os serviços necessários ao cabal cumprimento da sua missão porque o PS não quer.

Este encerramento representa mais uma dura machadada no SNS, na cidade de Coimbra e na região onde se insere Figueiró dos Vinhos, que como todos sabemos os Covões tem sido ao longo dos anos o Hospital de referência para acolher os cidadãos do nosso concelho.”

A declaração considera ainda que “este é, pois, mais um escândalo que pode colocar em causa o direito à saúde da população que este Hospital serve, nomeadamente a da margem esquerda do Mondego em que se insere Figueiró dos Vinhos. É, ainda, uma decisão gravosa de desqualificação dos Covões, que foi o hospital de referência na região relacionado com o combate ao Covid-19 e à crise pandémica a ele associado”.

Nesta declaração, o “Partido Social Democrata entende, também, que não há qualquer justificação válida para o encerramento destes serviços, que só vêm agravar os já sobrecarregados HUC na resposta aos cuidados intensivos e ao serviço de urgência necessários na região e enfraquecer a capacidade e a qualidade de resposta daquela unidade Hospitalar prejudicando os seus profissionais e as populações que serve, entre as quais nos inserimos. Não esquecemos que em tempo de pandemia, o Hospital dos Covões demonstrou altos padrões de qualidade e competência no combate ao COVID-19, fruto da dedicação e profissionalismo dos seus médicos, enfermeiros e demais profissionais de saúde. O Partido Social Democrata de Figueiró dos Vinhos repudia, mais uma vez, qualquer tentativa de desmantelamento e perda de valências do Hospital dos Covões, reclama uma clara definição estratégica para o Hospital dos Covões como outro Hospital central e manifesta a sua solidariedade para com os seus profissionais e utentes”.

Comments are closed.

Scroll To Top