Pedrógão Grande: Exposição “A Europa Começa Aqui! – Marca do Património Europeu”

Foi inaugurada no dia 2 de Julho no Centro de Interpretação Turística (CIT) de Pedrógão Grande, onde estará patente até 14 de julho de 2019, a exposição fotográfica “Marcas do Património Europeu”. A

Isabel Policarpo, em representação da Direção Regional de Cultura do Centro (DRCC), apresentou esta exposição, integrando e realçando o papel significativo destes sítios na história, na cultura da Europa e na construção da União Europeia.

No final, Margarida Guedes, vice-presidente da autarquia pedroguense não ficou indiferente ao magnífico momento que os presentes acabavam de desfrutar com esta apresentação, realçando a forma pedagógica, conhecedora, mas também fascinante e apaixonada como a técnica da DRCC conduziu a visita guiada à exposição, que adjetivou como um momento “único” de grande aprendizagem, reconhecendo sair dali mais rica culturalmente, quer pelo que ela própria aprendeu, quer pela forma como lhe foram afloradas memórias. A autarca considerou esta exposição como um valioso contributo histórico, cultural e de reforço da identidade e coesão, pelo que deixou o desejo de que esta exposição tenha a merecida e justificada afluência, aconselhando a uma atenta consulta das legendas dos painéis fotográficos.

Os objetivos gerais da Marca do Património Europeu consistem em reforçar o sentimento de pertença à União Europeia por parte dos seus cidadãos, em especial dos jovens, com base nos valores e elementos comuns da história e do património cultural, valorizar a diversidade nacional e regional e incrementar o diálogo intercultural.

Nesta mostra destacam-se os 38 sítios, reconhecidos pelo seu elevado valor simbólico na construção de uma herança cultural europeia comum. Atualmente, Portugal conta com 3 Sítios MPE, designadamente, a Biblioteca Geral da Universidade de Coimbra, que se

destaca por ter sido uma das primeiras bibliotecas na Europa a organizar o seu acervo em catálogos temáticos para consulta e permitir o acesso a livros proibidos, a Carta de Lei da Abolição da Pena de Morte (1867), que consagra o direito à vida e coloca Portugal como um dos primeiros países europeus a inscrever, no seu sistema legal, uma lei de abolição da pena de morte para crimes civis; e o Promontório de Sagres, finisterra de grande riqueza cultural e histórica e localização estratégica evocativa de um período marcado pela expansão da cultura, ciência e comércio europeu.

Desde a sua implementação, 38 Sítios foram já distinguidos com a Marca do Património Europeu.

A Marca do Património Europeu (MPE) é uma iniciativa da União Europeia lançada em 2011 pelo

Parlamento Europeu e pelo Conselho. Os objetivos gerais da Marca do Património Europeu consistem

em reforçar o sentimento de pertença à União Europeia por parte dos seus cidadãos, em especial dos

jovens, com base nos valores e elementos comuns da história e do património cultural, valorizar a

diversidade nacional e regional e incrementar o diálogo intercultural.

Em prol desses objetivos, a MPE procura realçar o valor simbólico e dotar de maior visibilidade os

locais, eventos ou períodos que desempenharam um papel significativo na história e na cultura da

Europa ou na construção da União Europeia.

A exposição “A EUROPA COMEÇA AQUI! – MARCA DO PATRIMÓNIO EUROPEU” pode ser visitada até ao dia 14 de julho, das 9 horas às 12H30 e das 14 horas às 17H30 (dias úteis); das 10 horas às 13H00 e das 14H30 às 18 horas (domingos e feriados). A entrada é livre.

 

Comments are closed.

Scroll To Top