Pedrógão Grande – Dia do Concelho

Pedrógão Grande assinalou no passado dia 24 de Julho mais um Dia do Concelho, que se iniciou com o tradicional Hastear das Bandeiras no edifício dos Paços do Concelho, com a presença do Corpo de Bombeiros Voluntários, Filarmónica Pedroguense e Corpo de Escuteiros, após o que foram depostas no Monumento dos Antigos Combatentes do Ultramar três coroas de flores, em memória dos três militares mortos naquela guerra: Augusto Maria Lopes, António Jacinto Coelho e Almerindo Godinho Paiva.

Por volta do meio-dia, na Casa da Cultura, decorreu uma Sessão Solene presidida por Raul Castro, presidente da CIM da Região de Leiria e da Câmara Municipal de Leiria.

Presentes também, para além dos vereadores da Câmara local – Margarida Guedes, Nelson Fernandes, João Marques e Raul Garcia, representantes dos municípios vizinhos de Castanheira de Pera, representado pelo vice-presidente João Graça e vereador Nuno Óscar, Figueiró dos Vinhos representado pelo presidente Jorge Abreu, e Pombal, representado pelo vereador Pedro Murtinho. Da Assembleia Municipal estiveram presentes diversos eleitos, assim como representantes das freguesias do concelho e de diversas associações e colectividades concelhias, como o presidente da Associação dos Bombeiros Voluntários, Luís David, o provedor da Santa Casa da Misericórdia, António David, ou a presidente da Casa de Pedrógão Grande, Teresa Denis. A representar a Segurança Social esteve a directora de Leiria, Maria do Céu Mendes, e José Luís em representação da Secretaria de Estado para a Valorização do Interior.

A Mesa foi constituída por Raul Castro, e Valdemar Alves e António Tomás Correia, presidentes da Câmara e Assembleia Municipal, respectivamente.

Foi o presidente da Câmara Municipal que abriu o período de intervenções, lembrando que a municipalidade de Pedrógão Grande está quase a concluir um milénio, fazendo parte da fundação de Portugal, e referindo que na realidade o Dia do Concelho deveria ser a 17 de Maio, o dia em que o Rei D. Afonso Henriques separou as terras de Pedrógão das de Coimbra. Referiu depois que “o país é uma nação manca onde uma parte caminha bem e que está sobretudo à beira mar, a outra tem dificuldade em a acompanhar. Parece que o cérebro da Administração Central ficou bipolar a dada altura, e se continuarmos neste caminho, Portugal vai andar ao pé-coxinho”, concluindo que “a Administração Central pouco tem aprendido com o passado”. Usando a metáfora de David contra Golias para ilustrar a desigualdade entre o interior e o litoral, “que está a fracturar o país, que temos que combater” referiu que “nos últimos dois anos passarem pelo concelho muitos políticos que, apesar de grandes retóricas pouco conhecem da realidade do todo nacional”, Valdemar Alves reivindicou um olhar mais atento para os territórios de baixa densidade reafirmando ainda a sua vontade de continuar a lutar por Pedrógão Grande e pelas suas gentes.

Tomás Correia falou de seguida para apontar a falta de uma visão do médio e longo prazo para encontrar soluções para o território. “É indispensável construir uma visão que permita olhar o futuro e que as pessoas percebam que isso é possível, é uma tarefa difícil e exigente e que leva tempo e obriga a reflexão profunda”. Para o presidente da Assembleia Municipal a história e o património são vantagens competitivas, e Pedrógão Grande tem ambas.

Após a entrega dos prémios de mérito escolar a alunos do concelho, de que damos conta em separado, foi a vez de Raul Castro encerrar as intervenções, reiterando que a CIMRL tem uma nova visão que tem sido trabalhada no seio da Comunidade para encontrar os caminhos certos para evitar erros do passado, lembrando que “juntos ganhamos escala, o que nos dá maior peso negociável a vários níveis”. Lamentou que a rede de vídeovigilância florestal projectada desde 2015 tenha estado bloqueada por uma entidade que queria impedir a instalação em duas torres, e finalizou com o desejo da rápida criação de uma verdadeira estratégia coordenada e bem direccionada para estancar o êxodo rural.

António B. Carreira

Comments are closed.

Scroll To Top