Pedrógão Grande: Campanha “Laço Azul”

Campanha “Laço Azul” alerta para perigos na internet e para a violência no namoro. Mais de 3.000 participações/ano por abusos sexuais a menores preocupam

28LacoAzul

A Comissão de Protecção de Crianças e Jovens de Pedrógão Grande (CPCJ), em estreita articulação e colaboração com a Câmara Municipal de Pedrógão Grande, promoveu durante o mês de Abril a Campanha “Laço Azul”. Esta iniciativa contou ainda com a colaboração de outras entidades concelhias, nomeadamente, Agrupamento de Escolas, ETPZP, Escuteiros, GNR, Centro de Saúde de Pedrógão Grande e CLDS3G.

Neste âmbito, realizou-se quarta-feira dia 20 de Abril, na Casa da Cultura, uma acção de sensibilização sobre os perigos da Internet, violência no namoro e bullying com a participação do NIAVE (Núcleo de Investigação e Apoio à Vitima) e da Polícia Judiciária, através do Inspector Chefe da Polícia Judiciária, Carlos Anjos, actual Presidente da Comissão de Protecção às Vítimas de Crime.

Durante a manhã, Carlos Anjos dirigiu-se aos alunos do 1º Ciclo do Agrupamento de Escolas de Pedrógão Grande para falar de bullying “anglicismo utilizado para descrever actos de violência física ou psicológica intencionais e repetidos, praticados por um indivíduo ou grupo de indivíduos” executada dentro de uma relação desigual de poder “que deixa sequelas psicológicas na pessoa atingida”. Falou ainda dos crimes dentro das famílias, contra os mais fracos, nomeadamente, mulheres, maridos, crianças e idosos que “têm aumentado exponencialmente” – afirmou. Também os abusos sexuais a menores, a maior parte deles em família, e os abusos sexuais a menores na internet, estiveram em destaque.

No final, um grupo de alunos de uma das turmas presentes, apresentou uma pequena peça de teatro, precisamente subordinada ao tema do bullying.

De tarde, para uma plateia já mais crescida do 3º ciclo, Carlos Anjos alertou para os perigos da Internet e para a violência no namoro no que foi acompanhado por uma militar do NIAVE de Leiria que, de uma forma interactiva, interagiram com os jovens presentes.

Ambos realçaram a necessidade de passar a mensagem aos jovens que são agressores no namoro, no sentido de que esse não é um caminho saudável nos seus relacionamentos e, que não devem aceitar como normais determinados comportamentos.

Carlos Anjos deixou alguns números preocupantes, tais como o aumento em mais de 50% de participações em casos de violência no namoro e, os relativos à participação de abusos sexuais de menores que ultrapassam os 3.000 ano, com a agravante de se tratar de um crime onde muitos ficam na obscuridade, nunca chegando a ser revelados, por vergonha ou medo.

Valdemar Alves, Presidente do Município pedroguense, esteve presente em ambas as acções, realçando a importância destas iniciativas para contribuir para a “sensibilização dos nossos jovens” para estes perigos e para estas realidades, “contribuir para que sejam mais felizes” e “transmitir-lhes valores”. Falou dos vários tipos de violência e classificou esta iniciativa como um contributo para o combate ao bullying e à violência nas escolas. “Sejam felizes, digam não à violência”, disse no final.

Comments are closed.

Scroll To Top