GAL dispõem de 6 milhões de euros para apoiar criação de emprego

Os Grupos de Ação Local AD ELO, ADIBER, ADICES, Coimbra Mais Futuro, DUECEIRA, Pinhais do Zêzere e Terras de Sicó, a quem foi conferida a responsabilidade de gerir o novo programa “+CO3SO Emprego”, mobilizam 6 milhões de euros dirigidos às micro, pequenas e médias empresas e às Entidades da Economia Social dos seus territórios, com o objetivo de apoiar novos empregos, através da criação ou modernização das empresas locais ou de novos serviços na área social e do associativismo.

Esta é uma das medidas que integram o Programa de Estabilização Económica e Social, cuja prioridade é contribuir para a rápida retoma da economia na fase pós-COVID e dinamizar e qualificar o tecido económico e social local, a partir da valorização e transformação do seu potencial endógeno.

O Programa “+CO3SO Emprego” apresenta-se como um instrumento financeiro que está disponível em duas modalidades destinadas às empresas (“Interior” e “Urbano”) e uma dirigida ao apoio às Entidades da Economia Social, como Misericórdias, IPSS, Associações culturais, desportivas e recreativas, entre outras, designada por “Empreendedorismo Social”.

Este regime de incentivos prevê o apoio à criação de emprego, através do reembolso integral das despesas com remunerações e encargos sociais, durante o período máximo de 36 meses, nas condições definidas nos respetivos avisos, bem como na atribuição de uma taxa fixa de 40% sobre estas despesas para apoio a outros custos inerentes aos postos de trabalho criados.

Serão elegíveis os empregos que contribuam para a criação líquida de postos de trabalho por parte dos respetivos Beneficiários, e, para além da criação do próprio emprego é dirigido, entre outros, a novos trabalhadores que se queiram instalar nestes territórios, nomeadamente com competências de nível médio e superior.

Os referidos GAL estimam que através destas medidas, cujos avisos decorrem até 16 de novembro (a 1º fase termina a 15 de setembro), será possível apoiar diretamente a criação de cerca de 150 novos postos de trabalho e induzir a fixação de outros trabalhadores, decorrente do aumento da competitividade das economias locais.

Será ainda dado um importante estímulo para a prestação de novos serviços na área da solidariedade social e do associativismo de base local, em resposta às crescentes necessidades das populações, contribuindo para o fomento da inclusão, bem como para qualificação da ação dinamizada por estas Entidades.

Os GAL AD ELO, ADIBER, ADICES, Coimbra Mais Futuro, DUECEIRA, Pinhais do Zêzere e Terras de Sicó, estão empenhados no sucesso desta medida, considerando a sua importância no contexto da concretização das suas estratégias de desenvolvimento, para o que disponibilizam as suas equipas técnicas, para em proximidade e cooperação direta com os beneficiários se constituam como elementos facilitadores do célere acesso a estas ajudas.

Comments are closed.

Scroll To Top