Futebol de 11 – Iniciados

Futebol de 11

Iniciados

O Campeonato Distrital de Leiria da 1ª divisão de Iniciados masculinos, série A começou para a equipa da A. Desportiva com uma deslocação ao reduto do Lusitano Ginásio de Chão de Couce, onde conseguiu um empate a zero no relvado sintético do Campo Dr. Alberto Rego. Na semana seguinte, novo empate, desta feita com Ansião, de que damos conta de seguida.

No fim de semana seguinte a equipa folgou. Classificação à 2ª Jornada: 1º Moita do Boi – 6 pontos, 2 jogos, 2º Almagreira 3 – 1, 3º A. Desportiva Figº. Vinhos 2 – 2, 4º Ansião 1 – 1, 5º Chão de Couce 1 – 2, 6º Sporting de Pombal B 0 – 1, 7º Pelariga 0 – 1.

 

  1. Desportiva de Figº Vinhos 2 – C. C. Ansião 2

Disputou-8iniciadosse no dia 2 de Novembro no relvado sintético do Estádio Municipal Afonso Lacerda, em Figueiró dos Vinhos, o jogo entre a A. Desportiva de Figueiró dos Vinhos e o Clube de Caçadores de Ansião, a contar para a 2ª jornada da série A do Campeonato Distrital de Futebol de Iniciados masculinos.

Com arbitragem de Vítor Pinto, as equipas alinharam da seguinte forma:

  1. Desportiva de Figº Vinhos: Patrick (GR), Rui Miguel, Renato, Zé Pedro, Manuel Paiva (Rafael Santos 58min.), Alexandre (Cap.), Pedro Gomes, Fabrício (Duarte Carvalho, aos 34 min.), José Lopes, Paulo e Ricardo. Treinador: Eurico. C. C. Ansião: Hugo (GR), Bernardo (João David aos 34 min.), Diogo, Francisco, Sérgio Pinto, Rodrigo, Mica (Cap.), Tomás, Pedro Gonçalves, Jorge, e (Nº 11?).

Entrou muito bem no jogo a equipa de Ansião, exercendo uma pressão alta sobre o meio campo de Figueiró dos Vinhos, que só à passagem do primeiro quarto de hora se começa a encontrar e a libertar do colete de forças imposto pelo adversário. A partir daí o jogo ficou mais dividido, com boas oportunidades para os dois lados, até que à passagem da meia hora, um defesa de Ansião mete mão à bola com o árbitro a assinalar grande penalidade, convertida por Pedro Gomes que fazia o 1-0, com que se atingiu o intervalo.

8iniciados_2Na segunda parte o jogo continuou numa toada de equilíbrio com Ansião à procura do empate, e a Desportiva a responder com algumas boas jogadas. Aos 56 minutos Ansião chega ao empate beneficiando de um desentendimento na defesa da Desportiva que levou Patrick a tentar interceptar uma bola fora da área, e a sofrer um chapéu de Francisco, de Ansião. Aos 68 minutos a turma de Ansião consegue mesmo a reviravolta numa bonita jogada concretizada por Tomás, e poderia mesmo ter sentenciado a partida dois minutos depois com um remate a trave da baliza de Patrick. Figueiró chegaria ao empate pouco tempo depois, já em tempo de descontos, com Pedro Gomes a aproveitar um falhanço do guarda-redes Hugo.

O resultado final de 2-2 justifica-se plenamente perante duas equipas que tudo fizeram para ganhar, mas que acabaram por se anular.

A arbitragem de Vítor Pinto, apesar de muito contestada pela assistência afecta a Ansião, esteve em bom nível.

António B. Carreira

Comments are closed.

Scroll To Top