Figueiró dos Vinhos: Teatro de Revista de regresso! Revist’ó Fado na Tasca do Ti Carlos

 “Revist’ó Fado na Tasca do Ti Carlos ” nas Festas da Feira de São Pantaleão 2020

As tradicionais Festas da Feira de São Pantaleão de Figueiró dos Vinhos vão, este ano, ter dose dupla de Teatro de Revista.

A situação atual, provocada pela doença COVID-19, levou à alteração de alguns hábitos territoriais e quotidianos, pelo que, a feira de raízes medievais, que decorrerá de 26 a 28 de julho, terá duas sessões do mesmo espetáculo de Revista, com redução do número de lugares disponíveis por espetáculo. A Câmara Municipal optou, assim, por presentear o público com uma sessão extraordinária do Teatro de Revista deste ano, de forma a evitar a sobrelotação do espaço e permitindo que todos possam vir a usufruir deste evento, com a máxima segurança possível, no estrito cumprimento das normas de higiene em vigor, preconizadas pela Direção Geral de Saúde e do Governo Português, nomeadamente o distanciamento social.

O Anfiteatro da Biblioteca Municipal será, deste modo, nas noites de 26 e 27 de julho, pelas 21h30m, o palco das duas sessões da “Revist’ó Fado na Tasca do Ti Carlos”, um espetáculo que promete abraçar o fado com o humor característico das rábulas de revista, intercaladas pela voz de um dos grandes nomes do fado, António Pinto Basto, que juntamente com os atores Paulo Oliveira, Ana Paula Mota, Luís Viegas e Filipa Giovanni, colocarão a plateia a cantar durante 120m. O evento, cujos bilhetes estarão à venda, no Posto de Turismo, a partir do dia 13 de julho, integra o projeto “Região de Leiria – Rede Cultural”, promovido pela CIMRL – Comunidade Intermunicipal da região de Leiria, cofinanciado pela UE através do CENTRO 2020 no âmbito do Eixo 7 “Afirmar a Sustentabilidade dos Territórios” (CONSERVAR). As Festas da Feira de São Pantaleão 2020 serão recheadas com Fado e feirantes de todo o país, que disponibilizarão os seus artigos na zona envolvente do Mercado Municipal, este ano, com as medidas de higiene e segurança acrescidas, mas necessárias, para que todos possam desfrutar plenamente de uma festividade tão característica do nosso concelho.

Comments are closed.

Scroll To Top