Figueiró dos Vinhos: Cadáver encontrado em eucaliptal

Na manhã do passado de 2 de Abril, a pacata Aldeia de Ana de Aviz – Figueiró dos Vinhos, acordou chocada com o aparecimento de um cadáver de um homem, dado como desaparecido por familiares no dia anterior.

O corpo foi encontrado, sem vida na manhã de 2 de Abril nos arredores da Aldeia Ana de Aviz, “muito perto do trator”, após o alerta do desaparecimento dado durante o dia anterior, quinta-feira, altura em que foram destacados dez viaturas e 26 operacionais dos bombeiros e da GNR, assim como uma equipa da Câmara Municipal, que estiveram no terreno.

A vítima viria a ser encontrada numa zona florestal a dois quilómetros de casa. Primeiro foi encontrado o trator capotado que supostamente operava. Depois, horas volvidas, acabou por se confirmar o pior cenário quando dois inconformados populares de Aldeia de Ana de Aviz encontraram o corpo tapado com ramos de eucalipto.

Quase um mês volvido, a Policia Judiciária já terá suspeitos mas continuam por revelar, bem como os motivos que terão levado a este crime.

O homem era conhecido por Jorge Parente. Natural de Aldeia Ana de Aviz, era solteiro e sem filhos. Homem bem conceituado, estimado por todos na região, considerado de bom trato e um homem de trabalho. A família mais próxima era a mãe, as irmãs e as suas tias. Residia sozinho em Aldeia da Cruz, daí a constante confusão entre estas localidades nas diversas notícias.

Comments are closed.

Scroll To Top