Editorial: Nota de Abertura

A minha origem “castanheirense” integrado numa comarca com muita dignidade que sempre reconheci, respeitei e me enquadrei, nesta desenvolvi e distribuí a minha actividade industrial e comercial, que devido à idade e outras ocupações transferi para os meus descendentes, os quais, no mesmo enquadramento continuam activos para o seu crescimento.

É com muito prazer e dignidade que vejo estes meus sucessores reconhecidos, respeitados e estimados pela comunidade comarcã, Castanheira de Pera, Figueiró dos Vinhos e Pedrógão Grande.

Pretendo com estas palavras deixar um agradecimento a toda a “comunidade” da comarca de Figueiró dos Vinhos, onde durante cerca de sessenta anos mantive uma vida activa no desenvolvimento industrial e comercial em que me integrei.

O concelho de Figueiró dos Vinhos, sede de comarca, localidade onde registo boas e más recordações não só do poder politico como do comercial, sendo mais as boas recordações. É com este objectivo e muito orgulho, sem menosprezar o concelho de Pedrógão Grande, que manifesto o meu respeito pela comunidade “figueiroense” .

O concelho de Figueiró dos Vinhos, apesar da crise que flagela a imprensa regional merece possuir um jornal. É dos concelhos do norte do distrito de Leiria o detentor do periódico mais antigo. Recordamos “ O ZEZERE” que surgiu em 5 de Outubro de 1895, com a sua última publicação em 5 de Junho de 1897. Em 21 de Agosto de 1897 surge em alternativa “O FIGUEIROENSE”, encerrando com a sua última publicação em 24 de Dezembro de 1924, manteve-se activo durante 27 anos.

o_figueiroense

Da minha pesquisa entre os títulos que predominaram, a minha opção foi pelo “O FIGUEIROENSE”, por o considerar o mais apropriado para identificar o concelho de Figueiró dos Vinhos. Por esse motivo, optei por o reactivar homenageando assim o nome dos “figueiroenses” que em 1987 o constituíram com o objectivo de “Semanário, Imparcial, Noticioso, Literário e Recreativo”.

È com este mesmo objectivo, acrescido de uma imparcialidade independente do poder político e económico, visando uma informação transparente e democrática que a partir de hoje e até ao ressurgimento de uma nova alternativa “O FIGUEIROENSE”, será um jornal regional aberto a toda a comunidade e com muito carinho, respeito e amizade recebe todos os que para o engrandecimento do concelho pretendam colaborar.

Entre estes, um apelo aos aficionados pelo desporto, através deste jornal possam levar a “A Desportiva de Figueiró dos Vinhos” aos mais distantes locais.

Fernando Correia Bernardo

 

Outros títulos que mais predominaram como defensores do concelho de Figueiró dos Vinhos

 o_zezere

O Zêzere (1895-1897)

Complemento de Título: hebdomadario imparcial, litterario, recreativo e noticioso

Responsabilidade: administrador F. d’Aguiar ; redactor J. Lucena

Publicação: Figueiró dos Vinhos: António Dias Corrêa, 1895

o_figueiroense

O Figueiroense (1897-1921)

Complemento de Título: semanário imparcial, noticioso, litterario e recreativo

Responsabilidade: administrador António F. de Aguiar

Semanal – Publicação: Figueiró dos Vinhos: José Joaquim dos Santos, 1897

uniao_figueir

União Figueiroense (1910-1918)

Complemento de Título: órgão do Centro Republicano União Figueiroense

Responsabilidade: propriedade e administração Manuel Gameiro Santos; redactor principal Miguel A. A. Correia

Publicação: Figueiró dos Vinhos: Alfredo Lencastre e Barros, 1910-1918, Semanal

a_regeneracao

A Regeneração (1925-1979)

Complemento de Título: semanário defensor dos interesses dos concelhos do Norte do Distrito de Leiria

Responsabilidade: directores José Martinho Simões e Manuel Simões Barreiros

Publicação: Figueiró dos Vinhos: José Martinho Simões e Manuel Simões Barreiros, 1925 Semanal

o_norte

O Norte do Distrito (1953-1974)

Complemento de Título:  quinzenário nacionalista defensor dos interesses dos concelhos do Norte do Distrito de Leiria

Responsabilidade:  proprietário Ernesto Lacerda; director Joaquim Alves Tomaz Morgado ; chefe da redacção A. Paula Santos

a_comarca_fig

Comarca de Figueiró (1975-1983)

Complemento de Título: quinzenário independente defensor dos interesses da Comarca de Figueiró dos Vinhos. Quinzenal

Responsabilidade: director Marçal Manuel Pires Teixeira

Publicação: Figueiró dos Vinhos: 1975-1983

a_comarca

A Comarca, (1991-2013)

Responsabilidade: fundador Marçal M. Pires Teixeira; propriedade Maria Elvira Pires Teixeira; Director Henrique Pires Teixeira. Quinzenal

Publicação: Figueiró dos Vinhos: Maria Elvira Pires Teixeira, 1991-2013

Comments are closed.

Scroll To Top