Conferência Emprego e Desenvolvimento

Conferência Emprego e Desenvolvimento

Dia grande em Figueiró dos Vinhos o dia 6 de Novembro, com o Município a receber dois membros do governo que intervieram na Conferência Emprego e Desenvolvimento: Desafios e Oportunidades, que se realizou no auditório do Clube Figueiroense – Casa da Cultura, numa organização conjunta do Município de Figueiró dos Vinhos e da UGT – Leiria.

12conf1

O Secretário de Estado da Solidariedade e da Segurança Social Agostinho Branquinho chegou de manhã e foi recebido numa Sessão Solene no salão nobre dos Paços do Concelho, após o que visitou as instalações da Santa Casa de Misericórdia.

Após o almoço iniciou-se a Conferência com Jorge Abreu, presidente da Câmara Municipal e Amílcar Coelho, presidente da UGT Leiria a darem as boas vinda aos conferencistas e participantes.

Agostinho Branquinho interveio de seguida, agradecendo aos presidentes da Câmara Municipal e Assembleia Municipal, Jorge Abreu e Carlos Silva e à UGT por esta iniciativa e pelo convite para estar presente, realçando o papel da UGT e do seu secretário-geral em várias negociações, entre as quais a recente actualização do salário mínimo nacional. Referiu depois que em termos de desenvolvimento Portugal tem uma atitude bipolar, com períodos de grande euforia alternando com outros de depressão, indicando um crescimento sustentado como caminho para um desenvolvimento efectivo.

Lembrou a importância do chamado Terceiro Sector, a Economia Social, nomeadamente nos territórios de baixa densidade populacional, como factor de criação de emprego e desenvolvimento, referindo que ao lado das autarquias é de “importância vital”. Continuou acusando o Estado (?) de ser muito centralista e de asfixiar as pessoas, salientando a necessidade de descentralizar competências, anunciando que estão em curso 12 projectos-piloto neste campo.

12conf2

Passou-se depois aos Painéis previstos no programa. No primeiro painel, Economia e Sociedade, Ana Sargento do IP Leiria apresentou diversos indicadores económicos e de desenvolvimento referentes a Figueiró dos Vinhos e Região Centro. No segundo painel, Perspectivas de Emprego e Desenvolvimento intervieram Neusa Magalhães, Secretária Geral do Nerlei e Eduardo Scarchetti da Biodinâmica Dental Products, Lda, com a moderação de João Nazário, do semanário Região de Leiria. O CEO da Biodinâmica explicou as várias vantagens que vislumbrou para optar pela localização da empresa em Figueiró dos Vinhos, e que criará mais de 100 postos de trabalho, referindo que o factor humano aliado ao ambiental e de segurança foi fundamental. O terceiro Painel, Interioridades: Perspectivas de desenvolvimento, já muito condicionado pelo tempo disponível, teve a participação do secretário-geral da UGT, Carlos Silva e de Jorge Gaspar, presidente do IEFP. António Saraiva, presidente da CIP não pode comparecer por motivos de saúde.

Coube a Octávio Oliveira, Secretário de Estado do Emprego e segundo membro do governo a participar neste evento proferir a intervenção de encerramento, referindo que Portugal não podia continuar com o modelo económico que tinha pelo que as reformas iniciadas nas diversas áreas pelo governo, se bem que penosas para todos, criaram um caminho de esperança, salientando que hoje em dia o número de 12conf3desempregados no distrito de Leiria e em Figueiró dos Vinhos e menor do que há um ano.

António B. Carreira

 

Comments are closed.

Scroll To Top