Comunicado do Pároco – Às Paróquias de Castanheira, Coentral, Vila Facaia e Campêlo

Às Paróquias de Castanheira, Coentral, Vila Facaia e Campêlo

Irmãs e irmãos em Cristo Jesus. Estivemos em tempo de Semana Santa e nela o Sagrado Tríduo Pascal compreendendo: a Ceia do Senhor (5ª feira); a Morte de Jesus (6ª feira); a Ressurreição de Jesus – Páscoa – Vigília Pascal e Missa (Sábado/Domingo). É a maior festa do calendário litúrgico da Igreja Cristã porque dela recebemos a vida, não a vida mesquinha do dia a dia, mas a vida plena, aquela vida de que S. Paulo, encantado, falava: “já não sou eu que vivo, é Cristo que vive em mim”; esta vida plena é a vida unida ao autor da vida, Jesus Cristo nosso Rei e Senhor. Ele deixou a condição Divina, desceu dos Céus e assumiu a nossa frágil e débil condição humana. Viveu no meio de nós dezenas de anos. Foi morto pelos nossos pecados, que Ele carregou na cruz, mas ressuscitou ao 3º dia. É o primeiro a voltar da mansão dos mortos e com Ele ressuscitaram todos os que lá jaziam, incluindo seu pai e seu filho Adão e sua mãe e sua filha Eva. Assim, por Adão todos morreram, por Jesus Cristo todos voltaram à vida; Jesus Cristo é, por isso, considerado o novo Adão.

Jesus Cristo, entregando-se voluntariamente à morte, matou, definitivamente, a própria morte. A morte já não tem a última palavra, porque Jesus Cristo ressuscitou; Cristo Jesus é o Senhor da vida e que a dá em abundância como Ele disse: “Eu vim para que tenham vida e a tenham em abundância”.

Por tudo isto fizemos memorial destas realidades celebrando digna e alegremente, em comunhão com o nosso Bispo D. Virgílio, as celebrações do Sagrado Tríduo Pascal.

Ânimo irmãs e irmãos: o Senhor está connosco e ama-nos com um amor tão grande para o qual não há medida capaz de o medir. Contem comigo e com a minha disponibilidade.

O Pároco: Padre José Lopes de Carvalho

Comments are closed.

Scroll To Top