Casa de Pedrógão Grande – Comunicado

Queridos conterrâneos, irmãos pedroguenses, e todos os amigos,

É com extrema consternação que escrevo esta nota, não era expectável a crise e a provação por que estamos todos a passar.

A CPG tinha agendado para março o nosso habitual almoço, a assembleia e a segunda dose de Caldos de Cultura. Todos estes eventos estão a ser adiados para uma data em que nos possamos abraçar sem receios e celebrar o “ser pedroguense”.

Perante esta situação dramática, que abala o nosso bem-estar a todos os níveis e em todos os contextos, é preciso apelar à solidariedade e a fraternidade que caracterizam a nossa humanitude.

A COVID-19 veio lembrar a todos nós o bem maior que é a saúde e que raramente nos lembramos, dado que só quando ela falta é que lhe damos o devido valor. A doença, ou a sua ameaça pelo COVID-19, mostra o valor inigualável da saúde e do nosso SNS: sem saúde tudo deixa de ter sentido, quer seja na área da economia, negócios, educação, cultura, desporto, ou do divertimento.

É por isso que a saúde é um bem de mérito e não pode ser um negócio entregue às regras do mercado.

A saúde é um bem supremo e um direito social e humano. Quando a saúde de todos e de cada um está ameaçada, tudo para e tudo passa a ser insignificante perante o valor supremo da vida.

Assim, do presente temos que tirar ilações para o futuro, para aquilo que verdadeiramente interessa ao ser humano. E talvez possamos mais tarde dizer há males que vêm por bem.

Mas, por agora, é preciso acreditar, pensar positivo, pois, como sabemos, situações de crise são potenciadoras de ansiedade, tristeza, mau estar, angústia e desespero. Por isso, a CPG vem oferecer apoio psicossocial através da psicóloga Fernanda David (912 285 187) e da assistente social Teresa Denis (966 709 977); para vos ouvir ou ajudar no que necessitarem.

 

Comments are closed.

Scroll To Top