Casa da Cultura: Vertentes – nova exposição de Irene Borges Costa

Irene Borges CostaAbriu no dia 2 de Agosto, na sala polivalente do Clube Figueiroense – Casa da Cultura, a exposição de pintura de Irene Borges Costa – “Vertentes” – que reúne vários trabalhos da pintora e que estarão patentes até ao dia 12 de Setembro.

Em breves palavras que antecederam a abertura da exposição, a pintora natural da Arega, teve oportunidade de agradecer aos serviços culturais da Câmara Municipal, e ao presidente e vereadora da cultura, o apoio demonstrado para a realização desta exposição, revelando que tem em projecto um trabalho sobre a sua terra e freguesia natal, para o qual solicitou apoio à autarquia.

Jorge Abreu deixou uma palavra de esperança quanto a este tipo de apoios, já que se inserem e “encaixam na perfeição” na política de dinamização da cultura e do turismo cultural que a autarquia pretende seguir.

António B. Carreira

Irene Borges Costa

Gosta de pintar e escrever desde sempre, mesmo quando o fazia na cinza da lareira em casa de seus pais, antes de iniciar a escola, em Carreira de Arega, Concelho de Figueiró dos Vinhos, de onde é natural. Jovem rumou a Lisboa para junto de seus irmãos, onde continuou a estudar, licenciou-se, fez carreira e constituiu família. Como terapia, pintava…!

Aposentada, decidiu dar mais espaço à arte, pintura e escrita, o que faz actualmente, entre outras actividades que fazem parte da sua agenda familiar e social.

Tão depressa pinta paisagens realistas, como dá pinceladas abstractas, como pinta naturezas mortas, ou mesmo naíf. Considera importante gostar do que faz, e fazer o que gosta. Procura aperfeiçoar-se e fica realizada quando lhe dizem que gostam de um trabalho seu.

Pinta a óleo e a acrílico, usa técnicas mistas, usa pincéis, espátulas e outros auxiliares que tenha à mão. Fez alguns workshops de pintura e desenho e frequentou ateliers de pintura e escultura, de Jorge Calero e Felício, mas define-se como autodidacta. Integra algumas associações culturais.

Expôs “raízes” na Casa da Cultura em Figueiró dos Vinhos durante 3 meses em2009, várias vezes na galeria da BOO, em Oeiras, no 8º Salão de Paço de Arcos; expôs os seus naíf, no Casino do Estoril, em 2011 e expõe na Galeria

EntryDecore; participou no 1º e 2º Salão de Arte do Pinhal Interior Norte, no CIT, em Pedrógão Grande e em 2013, aí expôs individualmente, de Abril a Maio; participou na ARTSHOW, na Expoeste, 2012 e 2013, em Caldas da Rainha. Participou no 3° Salão de Arte da Galeria Aberta do Estoril 2014 e está a decorrer uma exposição sua no MSESS. Pintou as ilustrações naíf, de seu livro lnfanto-juvenll, “O Januário e a menina dos caracóis”. Tem em agenda algumas exposições no ano em curso, estando representada no III Salão de Arte que está a decorrer em Pedrógão Grande. Muitas das suas telas fazem parte de colecções particulares em Portugal e no estrangeiro.

Editado a partir do folheto da exposição

 

Comments are closed.

Scroll To Top