Cartório Notarial da Sertã de Teresa Valentina Santos Justificação – MARIA DE FÁTIMA PRATA DA SILVA

 

Certifico que por escritura de dez de Dezembro de dois mil e dezoito, no Cartório Notarial da Sertã sito na Sertã, na Rua de Proença-a-Nova, lote cinco, rés-do-chão esquerdo, da Notária Teresa Valentina Cristóvão Santos, lavrada de folhas cento e duas a folhas cento e quatro do livro de notas para escrituras diversas número duzentos e sessenta – F, compareceu:

MARIA DE FÁTIMA PRATA DA SILVA, casada com o terceiro outorgante, sob o regime da comunhão de adquiridos, natural da freguesia e concelho de Pedrogão Grande, residente habitualmente na Rua Santa Maria, número 15, Liteiros, 2350-498 Torres Novas, freguesia
União das Freguesias de Torres Novas (Santa Maria, Salvador e Santiago), concelho de Torres Novas, contribuinte fiscal 208.999.248, E DECLAROU:

Que é dona e legítima possuidor, com exclusão de outrem, dos seguintes prédios:
UM – RÚSTICO, sito em Cova do Penedo, freguesia e concelho de Pedrógão Grande, composto de pinhal e mato, com a área de mil cento e trinta metros quadrados, a confrontar do norte com Viso – limite de concelho de Castanheira de Pêra, sul com Manuel Joaquim, nascente com António David e poente com Joaquim David inscrito na matriz sob o artigo 4322, com o Processo de Representação Gráfica Georreferenciada número setenta e um mil cento e cinquenta e nove, declarando os outorgantes sob sua inteira responsabilidade que este processo corresponde ao prédio acima identificado e que a área correcta é a constante da matriz e acima referida.
DOIS – RÚSTICO, sito em Lameira, freguesia e concelho de Pedrógão Grande, composto de terreno de cultura com videiras em cordão, pinhal e mato com sobreiros, com a área de duzentos e cinquenta metros quadrados, a confrontar do norte com Manuel Caetano David, sul com António David, nascente com estrada nacional e poente com barroca, inscrito na matriz sob o artigo 5483, com o Processo de Representação Gráfica Georreferenciada número setenta e um mil cento e oitenta e quatro, declarando os outorgantes sob sua inteira responsabilidade que este processo corresponde ao prédio acima identificado e que a área correcta é a constante da matriz e acima referida.

TRÊS – RÚSTICO, sito em Vale do Moinho, freguesia e concelho de Pedrógão Grande, composto de pinhal, com a área de quatro mil e oitocentos metros quadrados, a confrontar do norte e nascente com António Fernandes, sul com Alberto Bernardo, e poente com herdeiros de Joaquim Neves, inscrito na matriz sob o artigo 18098, com o Processo de Representação Gráfica Georreferenciada número setenta e um mil duzentos e treze, declarando os outorgantes sob sua inteira responsabilidade que este processo corresponde ao prédio acima identificado e que a área correcta é a constante da matriz e acima referida.

Todos os prédios se encontram omissos na Conservatória do Reqisto Predial de Pedrogão Grande.
Que ela justificante possui os referidos prédios em nome próprio desde mil novecentos e oitenta e oito, ainda no estado de solteira, por doação meramente verbal de seus avós João Marques David e mulher Maria Antunes Prata, residentes que foram no lugar de Derreada Cimeira, freguesia e concelho de Pedrogão Grande, cujo título não dispõe.

Está conforme.

Cartório Notarial da Sertã, 10 de Dezembro de 2018.

A COLABORADORA,

(Sara Isabel Patricio de Sousa)

 

Comments are closed.

Scroll To Top