Cartório Notarial da Sertã de Teresa Valentina Santos – Justificação – JOAQUIM MARIA BERNARDO SIMÕES e mulher LUCÍLIA DA CONCEIÇÃO NUNES

Cartório Notarial da Sertã
de Teresa Valentina Santos

Justificação

Certifico que por escritura de vinte e quatro de Janeiro de dois mil e dezanove, no Cartório Notarial sito na Sertã, na Rua de Proença-a- Nova, lote cinco, rés-do-chão esquerdo, da Notária Teresa Valentina Cristóvão Santos, lavrada de folhas setenta e cinco a folhas setenta e sete, verso, do livro de notas para escrituras diversas número duzentos e sessenta e três – F, compareceram:
JOAQUIM MARIA BERNARDO SIMÕES e mulher LUCÍLIA DA CONCEIÇÃO NUNES, casados sob o regime da comunhão de adquiridos, naturais ambos da freguesia de Vila Facaia, concelho de Pedrógão Grande, residentes habitualmente na Rua Doutor Miguel Osório de Castro, número 2, terceiro direito, freguesia União das freguesias de São Julião, Nossa Senhora da Anunciada e Santa Maria da Graça, concelho de Setúbal, contribuintes fiscais, respectivamente, 126.026.351 e 126.026.343, E DECLARARAM:

Que são donos e legítimos possuidores, com exclusão de outrem, dos seguintes prédios:

UM – PRÉDIO RÚSTICO, sito em Lameira, freguesia de Vila Facaia, concelho de Pedrógão Grande, composto de terreno com oliveiras, com a área de sessenta metros quadrados, a confrontar do norte com a estrada, sul, nascente e poente com Mabilde Conceição Silva, inscrito na matriz sob o artigo 5908, descrito na Conservatória do Registo Predial de Pedrógão Grande sob o número novecentos e trinta e três.

DOIS – PRÉDIO RÚSTICO, sito em Lameira, freguesia de Vila Facaia, concelho de Pedrógão Grande, composto de terreno com oliveiras, com a área de sessenta metros quadrados, a confrontar do norte e nascente com Mabilde Conceição Silva, sul com Manuel Lopes
Branco e poente com Serafim Henriques Morgado, inscrito na matriz sob o artigo 5909, descrito na Conservatória do Registo Predial de Pedrógão Grande sob o número novecentos e trinta e sete.
Tais prédios, no entanto, têm a aquisição registada em comum e sem determinação de parte ou direito a favor de HELENA SIMÕES DAS NEVES e marido ORLlNDO NUNES DAS NEVES, DIALlVA MARIA e marido MANUEL PEREIRA DA SILVA, ILDA DA CONCEIÇÃO e marido MANUEL HENRIQUES NEVES, todos residentes no lugar de Salaborda Nova, freguesia de Vila Facaia, concelho de Pedrógão Grande, conforme inscrição Ap. seis de mil novecentos e oitenta e nove barra zero três barra trinta e um, da referida Conservatória.

Que no ano de mil novecentos e noventa, aqueles HELENA SIMÕES DAS NEVES e marido ORLlNDO NUNES DAS NEVES, DIALlVA MARIA e marido MANUEL PEREIRA DA SILVA, ILDA DA CONCEiÇÃO e marido MANUEL HENRIQUES NEVES, venderam verbalmente os referidos prédios identificados sob os números um e dois aos aqui outorgantes, cujo título não dispõem.

TRÊS – PRÉDIO RÚSTICO, sito em Lameira, freguesia de Vila Facaia, concelho de Pedrógão Grande, composto de terreno com oliveiras, com a área de noventa e seis metros quadrados, a confrontar do norte com Mabilde da Conceição Silva, sul com Manuel Lopes Branco, nascente com Serafim Morgado e outros e poente com Alice dos Santos Ferreira, inscrito na matriz sob o artigo 5911, não descrito na Conservatória do Registo Predial de Pedrógão Grande.

Que eles justificantes possuem em nome próprio o prédio referido sob o número três desde mil novecentos e oitenta e quatro, já no estado de casados, por compra meramente verbal a Maria Alice Caetano dos Santos, viúva, residente na Estrada da Falagueira, número 26, cave esquerda, na Amadora, cujo título não dispõem.

Está conforme.

Cartório Notarial da Sertã, 24 de Janeiro de 2019.

A COLABORADORA,

(Sara Isabel Patrício de Sousa)

 

Comments are closed.

Scroll To Top