CARTÓRIO NOTARIAL DA SERTÃ, DE TERESA VALENTINA SANTOS, JUSTIFICAÇÃO – FREGUESIA DA GRAÇA

CARTÓRIO NOTARIAL DA SERTÃ

DE TERESA VALENTINA SANTOS

JUSTIFICAÇÃO

Certifico que por escritura de oito de Maio de dois mil e dezanove, no Cartório Notarial da Sertã de Teresa Valentina Cristóvão Santos, lavrada de folhas setenta e seis a folhas setenta e nove verso, do livro de notas para escrituras diversas número duzentos e sessenta e nove – F, a:

FREGUESIA DA GRAÇA”, com sede na freguesia de Graça, concelho de Pedrógão Grande, com o número de identificação de pessoa colectiva 506.895.599, E DECLARAROU:

Que a sua representada é dona e legítima possuidora dos seguintes prédios:

UM – PRÉDIO RÚSTICO, sito em Lameira do Altardo, freguesia de Graça, concelho de Pedrógão Grande, composto de terreno de pinhal e eucaliptal, com a área de seis mil trezentos e oitenta metros quadrados, a confrontar do norte com Albano Coelho David e outros, sul com António Simões, nascente com João António da Silva e poente com Fernando Lourenço, inscrito na matriz sob o artigo 2308, descrito na Conservatória do Registo Predial de Pedrógão Grande sob o número mil seiscentos e setenta e seis, com o Processo de Representação Gráfica Georreferenciada número cento e vinte e cinco mil oitocentos e vinte e oito, declarando os outorgantes sob sua inteira responsabilidade que este processo corresponde ao prédio acima identificado.

Tal prédio, no entanto, têm a aquisição registada a favor de Maria Alcida Gonçalves Castanheira, conforme inscrição Ap. um de mil novecentos e noventa barra zero sete barra vinte, da referida Conservatória.

Que aquela Maria Alcida Gonçalves Castanheira, vendeu verbalmente o referido prédio no ano de mil novecentos e noventa e oito à aqui outorgante representada Freguesia da Graça.

DOIS – Rústico, sito em Vale do Curral, freguesia de Graça, concelho de Pedrógão Grande, composto de pinhal e eucaliptal, com a área de novecentos metros quadrados, a confrontar do norte com Elvira Rosa e outro, sul com a estrada, nascente com Antero Coelho e poente com Elvira Rosa, inscrito na matriz sob o artigo 8886, omisso na Conservatória do Registo Predial de Pedrógão Grande, com o Processo de Representação Gráfica Georreferenciada número cinquenta e nove mil setecentos e cinquenta, declarando os outorgantes sob sua inteira responsabilidade que este processo corresponde ao prédio acima identificado.

TRÊS – Rústico, sito em Vale da Picota, freguesia de Graça, concelho de Pedrógão Grande, composto de pinhal, com a área de setecentos e quarenta metros quadrados, a confrontar do norte e nascente com a estrada, sul com Albano David e poente com João Simões Nunes, inscrito na matriz sob o artigo 2858, omisso na Conservatória do Registo Predial de Pedrógão Grande, com o Processo de Representação Gráfica Georreferenciada número quarenta e oito mil cento e noventa e três, declarando os outorgantes sob sua inteira responsabilidade que este processo corresponde ao prédio acima identificado.

Que a representada possui em nome próprio os prédios referidos sob as verbas dois e três, desde mil novecentos e oitenta, por compra meramente verbal a Aníbal Henriques Coelho, solteiro, maior, residente que foi no lugar de Nodeirinho, freguesia de Graça, concelho de Pedrógão Grande cujo título não dispõem.

Está conforme.

Cartório Notarial da Sertã, 8 de Maio de 2019.

A COLABORADORA,

Isabel Maria da Conceição Fernandes

 

Comments are closed.

Scroll To Top