Apresentação do livro Sonetos líricos & bucólicas líricas de Alcides Martins

6alcides_martinsDecorreu no dia 11 de Agosto na Biblioteca Municipal de Figueiró dos Vinhos, o lançamento do livro Sonetos líricos & bucólicas líricas do poeta figueiroense de Alcides Martins, cuja apresentação esteve a cargo de Carlos Lopes.

Marta Braz vice-presidente da edilidade e vereadora com o pelouro da Cultura, deu as boas-vindas aos presentes e endereçou os parabéns ao poeta Alcides Martins, a quem deu a palavra.

Alcides Martins demonstrou-se emocionado pela presença dos seus amigos e familiares, e esclareceu que este livro surgiu há treze anos em Coimbra, quando estava a recuperar de um esgotamento, ao mesmo tempo escrevia outra obra, já publicada, a Epopeia Maubere.

Ao livro chamou-lhe lírico porque fala de amor, explicando que os sonetos são em estilo clássico, em verso heróico, com métrica contada e acentuação nas sextas e nas décimas sílabas, “conforme compete”, e as bucólicas estão escritas em verso livre, “sem grandes retoques mas demonstrando profundidade e leveza ao mesmo tempo”. Caracterizou o livro como muito divertido, e que “puxa um pouco pelo erotismo”, finalizou, antes de ler alguns sonetos.

Carlos Lopes considerou que o executivo camarário está de parabéns por patrocinar esta obra, e, como nota prévia, referiu que conhece o autor “há mais de 25 anos e estava longe de pensar que ele era tão desinibido, que era uma pessoa que nos trazia esta boa disposição, e que de alguma forma transmitia em verso aquilo que representa o amor, de uma maneira que diverte e acaba por nos contagiar à medida que avançamos neste livro”.

Após ler e comentar alguns versos deste livro, prosseguiu referindo que os versos construídos pelo autor encantam pela sua expressividade artística e humana, e que atestam definitivamente estarmos perante uma personalidade prodigiosamente multifacetada.

Concluiu com um elogio ao autor: “a humildade que o Alcides evidencia em todos os momentos da sua vida traduz-se permanentemente num acto de inteligência, é um homem muito competente, muito capaz, muito sensível, de quem muito nos orgulhamos pelo seu percurso literário, que se materializa num conjunto de publicações que nos têm aquecido a alma e o coração, sendo esta obra que aqui apresentamos o seu último bom exemplo”.

 

Comments are closed.

Scroll To Top