81ª Volta a Portugal em Bicicleta

A região volta a receber a visita da caravana da Volta a Portugal em bicicleta, que se disputa entre 31 de Julho e 11 de Agosto, este ano com a novidade de dois municípios fazerem a sua estreia no roteiro da competição: Miranda do Corvo e Pampilhosa da Serra.

Após o prólogo disputado em Viseu no dia 31 de Julho, Miranda vai ser o ponto de partida para a 1ª Etapa no dia 1 de Agosto, que ligará aquela localidade a Leiria. O pelotão vai passar pela Lousã onde estará uma meta volante, subindo a Serra onde haverá um prémio de montanha de primeira categoria. Passa por Castanheira de Pera e ruma a Pedrógão Grande, com prémio de montanha de quarta categoria no alto da Derreada. De Pedrógão segue para Figueiró dos Vinhos com nova contagem de montanha de quarta categoria na Mó Grande, e depois de Figueiró ruma a Arega, com um prémio de montanha de segunda categoria na subida antes daquela vila. Segue depois para Leiria, com passagem em Alvaiázere e Pombal, onde estarão instaladas metas volantes junto às respectivas Câmaras Municipais. Dada a relativa facilidade da última parte desta etapa, é natural que o final, previsto para a Avenida João Soares em Leiria, proporcione uma chegada ao sprint.

A estreia de Pampilhosa da Serra reveste-se também de um sabor especial, uma vez que será o ponto de partida da 4ª etapa, no dia 4 de Agosto, daquela que é considerada a “Etapa Rainha” da “Volta”, que termina na Serra da Estrela após uma árdua jornada de 145km, com cinco contagens de montanha. A escalada final utilizando a famosa vertente da Covilhã – Penhas da Saúde – termina na Torre, o que já não acontece desde 2015.

A 81ª Volta a Portugal em Bicicleta tem o seu final a 11 de Agosto no Porto, onde na Avenida dos Aliados estará instalada a meta da 10ª e última etapa, um contra relógio individual com início em Gaia e com 19,5 kms de extensão.

Em relação às equipas, destaque para a presença de cinco equipas continentais profissionais, com a portuguesa W52-FC Porto, dominadora das últimas edições, a ter a companhia das espanholas Caja Rural e Euskadi-Murias, da israelita Israel Cycling Academy e da francesa Arkea Samsic. As equipas continentais portuguesas Sporting-Tavira, Aviludo-Louletano, Vito-Feirense-PNB, Efapel, Rádio Popular-Boavista, Miranda-Mortágua, LA Alumínios e Oliveirense-Inoutbuild também vão estar presentes. A completar o lote de equipas vão estar, igualmente do terceiro escalão, a espanhola Euskadi, a angolana Sicasal-Bai, a colombiana Team Medellín, a sul-africana Protouch, a irlandesa Evo Pro Racing e a suíça SRA.

 

 

 

Comments are closed.

Scroll To Top